Covid-19: leitos de UTI do Hospital de Patos atingem 100% da ocupação

Conforme informações, das 19 enfermarias clínicas disponíveis, 17 estão com pacientes com coronavírus, o que representa 80% de ocupação do setor da unidade

O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) atingiu 100% da sua capacidade de ocupação, após os aumentos de casos da Covid-19, nesta sexta-feira (11). De acordo com o diretor do hospital, Francisco Guedes, os pacientes que precisarem de atendimento terão que ser transferidos para outras unidades de saúde.

“Infelizmente, chegamos a 100% de nossa capacidade de UTI Covid-19 e pacientes que precisem de cuidados intensivos terão que ser atendidos em outras unidades referência da rede de saúde, porque só poderemos receber novos pacientes quando houver uma vacância na UTI, seja por alta ou por óbito”, explicou o diretor geral do Complexo.

Conforme informações, das 19 enfermarias clínicas disponíveis, 17 estão com pacientes com coronavírus, o que representa 80% de ocupação do setor da unidade.

O Complexo tem, atualmente, 20 leitos de UTI Covid-19 e está com 19 leitos de Enfermaria Clínica no isolamento. Nos próximos dias, a unidade ampliará sua capacidade de atendimento na Terapia Intensiva para casos de coronavírus para mais seis leitos, totalizando 26 leitos de UTI Covid-19.

Um dos hospitais de referência da rede pública estadual para casos de coronavírus no sertão paraibano, o CHRDJC nunca tinha atingido sua capacidade máxima, o que aconteceu nesta sexta-feira. A Chefe do Núcleo de Enfermagem do Complexo, Séfora Cândida, reforça a importância da contribuição da população num momento tão crítico da pandemia como esse.

“A pandemia não acabou, inclusive, pelo aumento no surgimento de novos casos, e a vacina ainda não está disponível, portanto, população realmente precisa continuar adotando as medidas de proteção, a fim de contribuir com a redução da contaminação pelo vírus”, reitera ela, lembrando que o uso de máscara, a higienização freqüente das mãos e evitar aglomeração são medidas de prevenção importantíssimas na atual conjuntura.

As obras para instalação de novos 20 leitos está em ritmo acelerado. Os novos espaços são frutos da política de expansão da rede de atendimento aos casos de Covid do Governo Estadual, através da secretaria Estadual de Saúde, que se antecipou com a ampliação de leitos Covid para melhor atender a população nessa segunda onda de contágio.