Covid-19: FAB transporta primeiros pacientes de Manaus a outros estados

Aumento nos casos e internações provocou um novo colapso no sistema de saúde do município. Hospitais falta enfrentam cilindros de oxigênio

A FAB (Força Aérea Brasileira) realizou na manhã de hoje (15) o primeiro embarque de pacientes com covid-19 em Manaus que será levado para outros estados. Os pacientes foram acompanhados de equipes de saúde.

+ Saúde de João Pessoa disponibiliza 10 UTIs para pacientes da Covid-19 do Amazonas

Duas aeronaves C-99 do Primeiro Esquadrão do Segundo Grupo de Transporte (1º/2º GT) – Esquadrão Condor, cumprem as missões de transporte dos pacientes com o objetivo de minimizar os impactos no sistema de saúde da capital amazonense.

O aumento nos casos e internações por covid-19 em Manaus provocou um novo colapso no sistema de saúde do município. Hospitais enfrentam falta de cilindros de oxigênio, usados, principalmente, em pacientes que necessitam de intubação.

Diversos estados e município e até o governo da Venezuela ofereceram ajuda ao Amazonas. O país vizinho afirmou que vai disponibilizar oxigênio para atender os hospitais amazonenses.

+ João Azevêdo reforça que auxiliar Manaus é “gesto de humanidade, de solidariedade”

O Pará informou que está pronto para receber 30 pacientes acometidos pela covid-19 no Amazonas, que necessitam de internação hospitalar. O Ceará também se colocou à disposição para ajudar. O Piauí enviou 45 mil EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e 30 mil testes de detecção do novo coronavírus para o Amazonas.

Goiás, Espírito Santo, Piauí, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e o Distrito Federal informaram que também vão receber pacientes do Amazonas, que estão em tratamento hospitalar e dependente de oxigênio.

Do UOL