Coren-PB detona “salários inaceitáveis” oferecidos pela Prefeitura de Cabedelo em edital

Edital oferece as remunerações de R$ 85,50 aos profissionais técnicos em enfermagem e R$ 149,50 para enfermeiros para um plantão de 12 horas

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) divulgou, nesta quinta-feira (14) uma nota de repúdio sobre um edital da Prefeitura de Cabedelo para contratação de profissionais de saúde, que irão atuar no combate à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o órgão, os valores para os plantões de técnicos de enfermagem e enfermeiros são inaceitáveis.

O edital, divulgado pela prefeitura nessa quarta-feira (13), oferece as remunerações de R$ 85,50 aos profissionais técnicos em enfermagem e R$ 149,50 para enfermeiros por um plantão de 12 horas.

“Reiteramos que apesar de o município de Cabedelo não possuir unidades de referência para o tratamento da Covid-19, os profissionais estão recebendo os pacientes, estabilizando e encaminhando para os Centros de Referência. Ou seja, pacientes com Coronavírus são assistidos em Cabedelo pela equipe de Enfermagem, fato que exige reflexão dos gestores na hora de propor uma remuneração para estes profissionais”, destaca trecho da nota.

Leia na íntegra:

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren PB) vem a público manifestar seu repúdio diante do flagrante desrespeito aos profissionais desta categoria que foram surpreendidos na última quarta-feira (13) pelo Edital n.º 01/2020 da Prefeitura Municipal de Cabedelo com valores inaceitáveis para os plantões de Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros que vão atuar na linha de frente no combate a Covid-19.

Conforme o Edital publicado ontem, as remunerações ofertadas por plantão de 12 horas são de R$ 85,50 para Técnico de Enfermagem e R$ 149,50 para Enfermeiro.

A Enfermagem é uma ciência e uma prática social indispensável a organização e ao funcionamento dos serviços de saúde. Possui capacidade técnica, científica, ética e moral para cuidar da vida da pessoa humana. Tem direito a remuneração justa e a condições adequadas de trabalho. A Enfermagem é comprometida com a produção e gestão do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade.

Esta autarquia considera que o valor descrito no Edital não é justo como remuneração à categoria profissional, diante da natureza da atividade e da responsabilidade dos profissionais de Enfermagem, especialmente em meio a uma pandemia que vem ceifando vidas de profissionais de Enfermagem e seus familiares em todo planeta.

O defendido por este Conselho é um piso salarial para os Enfermeiros no valor de R$ 4.650,00 e R$2.325,00 para técnicos de Enfermagem, conforme prevê o Projeto de Lei 1876/2019 em trâmite na Câmara dos Deputados de autoria do deputado Mauro Nazif, porém recomendamos que tendo em vista a pandemia do Coronavírus profissionais de Enfermagem tenham isonomia com os demais profissionais de formação acadêmica semelhante.

Reiteramos que apesar de o município de Cabedelo não possuir unidades de referência para o tratamento da Covid-19, os profissionais estão recebendo os pacientes, estabilizando e encaminhando para os Centros de Referência. Ou seja, pacientes com Coronavírus são assistidos em Cabedelo pela equipe de Enfermagem, fato que exige reflexão dos gestores na hora de propor uma remuneração para estes profissionais.

View this post on Instagram

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren PB) vem a público manifestar seu repúdio diante do flagrante desrespeito aos profissionais desta categoria que foram surpreendidos na última quarta-feira (13) pelo Edital n.º 01/2020 da Prefeitura Municipal de Cabedelo com valores inaceitáveis para os plantões de Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros que vão atuar na linha de frente no combate a Covid-19. Conforme o Edital publicado ontem, as remunerações ofertadas por plantão de 12 horas são de R$ 85,50 para Técnico de Enfermagem e R$ 149,50 para Enfermeiro. A Enfermagem é uma ciência e uma prática social indispensável a organização e ao funcionamento dos serviços de saúde. Possui capacidade técnica, científica, ética e moral para cuidar da vida da pessoa humana. Tem direito a remuneração justa e a condições adequadas de trabalho. A Enfermagem é comprometida com a produção e gestão do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Esta autarquia considera que o valor descrito no Edital não é justo como remuneração à categoria profissional, diante da natureza da atividade e da responsabilidade dos profissionais de Enfermagem, especialmente em meio a uma pandemia que vem ceifando vidas de profissionais de Enfermagem e seus familiares em todo planeta. O defendido por este Conselho é um piso salarial para os Enfermeiros no valor de R$ 4.650,00 e R$2.325,00 para técnicos de Enfermagem, conforme prevê o Projeto de Lei 1876/2019 em trâmite na Câmara dos Deputados de autoria do deputado Mauro Nazif, porém recomendamos que tendo em vista a pandemia do Coronavírus profissionais de Enfermagem tenham isonomia com os demais profissionais de formação acadêmica semelhante. Reiteramos que apesar de o município de Cabedelo não possuir unidades de referência para o tratamento da Covid-19, os profissionais estão recebendo os pacientes, estabilizando e encaminhando para os Centros de Referência. Ou seja, pacientes com Coronavírus são assistidos em Cabedelo pela equipe de Enfermagem, fato que exige reflexão dos gestores na hora de propor uma remuneração para estes profissionais.

A post shared by COREN PB (@corenpb) on