Cópia rara da Constituição roubada por golpistas é recuperada

O ministro da Justiça Flávio Dino disse que nesta sexta-feira (13), ele irá ao Supremo Tribunal Federal, acompanhado do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Andrei Rodrigues, para devolver à presidente da Corte, Rosa Weber, o exemplar da Constituição de 1988 que foi roubado pelos terroristas e recuperado pela polícia.

“Vamos ao STF, simbolicamente, restituir ao STF a Constituição subtraída. É uma das poucas assinadas pelos constituintes. Vamos devolver à ministra Rosa Weber […]. A Constituição aqui está e venceu. O Brasil venceu”, concluiu Dino.

 A declaração durante uma cerimônia em Brasília, na qual foram homenageados policiais que tentaram pôr fim à ação de vândalos bolsonaristas radicais durante os atos terroristas do último domingo (8).

Reparação de danos

Na cerimônia com agentes de segurança, Flávio Dino lamentou os estragos feitos pela minoria bolsonarista radical nos prédios do Supremo Tribunal Federal, do Palácio do Planalto e do Congresso Nacional – que sediam os Três Poderes em Brasília.

O ministro da Justiça disse que, com os atos de vandalismo, “milhões de reais” foram retirados do povo brasileiro.

“Quantos milhões vão ser empreendidos pra reparar os danos materiais? R$ 10 milhões, R$ 15milhões? Não sabemos ao certo. Este dinheiro poderia ter um destino melhor”, disse. Do g1.