Copa João Pessoa: Brisamar vence Mangabeira e conquista título no futebol feminino

Gols só saíram no segundo tempo de jogo. Débora, do Brisamar, abriu o placar com um golaço após cobrança de falta

Foto: Assessoria

A seleção do Brisamar foi a grande campeã da Copa João Pessoa de Futebol Feminino. A equipe venceu o time de Mangabeira nos pênaltis pelo placar de 3 a 0, após empate em 1 a 1 no tempo normal, na tarde deste sábado (2). O time ganhador do campeonato, que teve a decisão disputada no CT Ivan Tomaz, no bairro Valentina Figueiredo, garantiu a premiação de R$ 7 mil.

Os gols só saíram no segundo tempo de jogo. Débora, do Brisamar, abriu o placar com um golaço após cobrança de falta. Já no fim da partida, a atacante Tamara, do Mangabeira, também experimentou de bola parada e mandou no meio do gol. A goleira do Brisamar não segurou a bola, que sobrou nos pés de Zayra, que não conseguiu e marcou contra.

Na decisão nos pênaltis, as meninas do Brisamar converteram as três primeiras cobranças e a arqueira defendeu os dois primeiros da equipe adversária. Na última tentativa, Tamara bateu para fora da meta defendida pela goleira Letícia.

“Era o nosso objetivo sair daqui com o título. Poderia ter sido mais fácil, mas no último minuto deixamos o adversário empatar. Contamos com a boa atuação da Maria Letícia nas cobranças dos pênaltis para concretizarmos o resultado e sairmos com a taça para o nosso bairro”, comemorou Guilherme Paiva, técnico do Brisamar.

Copa – O torneio começou no mês de outubro e ao longo dos 40 dias de disputas foram realizadas 15 partidas. As equipes balançaram as redes 48 vezes, uma média de 3,2 gols por jogo. Jéssika Souza, do Brisamar, foi a artilheira com cinco gols marcados.

O secretário de Juventude, Esporte e Recreação da Capital (Sejer), Kaio Márcio, destacou a importância de fazer o torneio de futebol amador da cidade. “Nesta segunda edição, uma disputa bastante acirrada, que foi até os pênaltis e que repete os valores de premiação que são aplicados no masculino. O prefeito Cícero Lucena acredita na modalidade e ficamos bem felizes com a evolução dentro de campo e na nossa cidade”, comentou.

Além do prêmio para o campeão, o segundo colocado faturou R$ 4 mil, enquanto o terceiro lugar, o Cruz das Armas, que venceu o time do Cristo Redentor por 2 a 0, vai receber R$ 2 mil. Os valores foram os mesmos da edição anterior, disputada pela segunda vez na história da Copa João Pessoa de Futebol.

Final masculino – Já no masculino, a final do principal torneio de futebol da cidade, organizado pela Sejer, está prevista para o dia 19 de dezembro.  

Resultados do torneio feminino:  

GRUPO A:

Cristo Redentor 3 x 0 Grotão

Cristo Redentor 3 x 0 Colinas II

Grotão 0 x 3 Colinas II  

GRUPO B:

Mangabeira I 1 x 0 Mangabeira IV e V

Mangabeira I 3 x 0 Castelo Branco

Mangabeira IV e V 0 x 3 Castelo Branco  

GRUPO C:

São José 0 x 1 Cruz das Armas

São José 7 x 0 Timbó

Timbó 0 x 8 Cruz das Armas  

GRUPO D:

Brisamar 0 x 0 Paratibe

Brisamar 11 x 0 Manaíra

Paratibe 2 x 0 Manaíra

 Semifinais
Mangabeira 2 x 0 Cristo

Brisamar 1 x 0 Cruz das Armas  

Disputa 3×4 lugar

Cruz das Armas 2 x 0 Cristo Redentor

Seleção do campeonato:

Goleira: Maria Letícia (Brisamar)

Lateral-esquerda: Rayssa (Brisamar)

Zagueira: Zaira Thalita (Brisamar)

Zagueira: Débora Santana (Mangabeira)

Lateral-direita: Israyane (Mangabeira)

Meia-atacante: Luciana Mendes (Mangabeira)

Meia-atacante: Mayara dos Santos (Cruz das Armas)

Meia-atacante: Deborah Suyanne (Brisamar)

Atacante: Jéssica Souza (Brisamar)

Atacante: Tamara Alves (Mangabeira)

Atacante: Lú Meirelles (Brisamar)

Técnico: Guilherme Paiva (Brisamar)