Convention Bureau pede apoio do poder público para superar crise e manter empregos

O presidente do Convention Bureau de João Pessoa, Marcus Abrantes, por meio de nota divulga nesta quarta-feira (18), pediu um apoio mais amplo do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de João Pessoa quanto às medidas de incentivo e combate à crise do setor hoteleiro da Capital diante da pandemia do novo coronavírus.

“O setor do turismo foi um dos mais afetados diante da pandemia do COVID-19 e das regras cabíveis de isolamento e/ou quarentena para o seu combate” e precisa da ajuda do Executivo estadual e municipal para superar a crise”, diz a nota.

“Carecemos de medidas urgentes para este setor que sempre contribuiu e muito para fomentação de empregos, negócios e renda para nosso Estado e Município de João Pessoa, além de outros”, acrescenta do Convention Bureau.

Confira abaixo a nota na íntegra:

As empresas do Trade turístico Paraibano, aqui representadas, solicitam, com a cabível urgência, o devido apoio do Governo do Estado da Paraíba e a Prefeitura Municipal de João Pessoa/PB, para assim conseguirem manter empregos de milhares de pessoas e também as empresas ligadas ao setor abertas, vivas, diante deste momento tão difícil que temos passado.

Urge mencionar que o setor do turismo foi um dos mais afetados diante da pandemia do COVID 19 e das regras cabíveis de isolamento e/ou quarentena para o seu combate. Sabemos que a previsão de recuperação será lenta, seja no cenário econômico, com o poder aquisitivo das pessoais fortemente abalado, o que impossibilita viagens, bem como uma simples ida a um restaurante, dentro outros.

Acrescente-se, que não sabemos quando serão flexibilidades as medidas de isolamento e/ou quarentena e o consequente retorno das atividades empresariais aqui compreendidas, o que torna ainda mais devastador o cenário para estes seguimentos aqui supra mencionados.

Carecemos de medidas urgentes para este setor que sempre contribuiu e muito para fomentação de empregos, negócios e renda para nosso Estado e Município de João Pessoa, além de outros.

Comente