- Publicidade -
ColunasEntretenimentoThe Sucupira Post

Consumo de Rivotril aumenta em mais de 300% em João Pessoa

Farmácias e laboratórios da Capital já encomendaram novas remessas do medicamento

O consumo de Rivotril aumentou em 300% em João Pessoa. O levantamento foi realizado pelo DataSucupiral, que teve acesso ao número crescente de vendas do fármaco na Capital.

- Continua depois da publicidade -

O acréscimo foi “puxado” principalmente pelos moradores do Porto do Capim e de Muçumagro, preocupados com o trator a derrubar suas casas a qualquer momento. Há rumores de que a Associação Paraibana de Psiquiatria já está criando uma força-tarefa para fornecer as receitas médicas. O pessoal das comunidades tem denunciado a falta do remédio no SUS de João Pessoa.

Solução para moradores que serão despejados será morar na parte nobre da orla de JP, onde as irregularidades são ignoradas. Foto: Bonecas Trouxas

Outro fator que alavancou as vendas do tarja preta foi o bate-boca generalizado que ocorreu na Assembleia Legislativa da Paraíba nesta semana. Este caso, em específico, impulsionou também as vendas do Captopril e da Losartana. Com os ânimos exaltados, vários deputados foram ao Centro Médico Rômulo Gouveia tomar a medicação para abaixar a pressão. Nem a presença de um delegado de Polícia Civil na sessão conseguiu dar feito à ordem.

“O que é isso Wallber?”, questionou seu Zé da Bodega, que acompanhava a sessão pela TV Assembleia.

Apesar de não ter acesso aos dados das farmácias da rede municipal de Saúde de João Pessoa, a reportagem do The Sucupira Post recebeu informações de Altas Fontes de que os estoques de Rivotril das mesmas realmente acabaram, como denunciaram os moradores do Porto do Capim e de Muçumagro. As poucas caixas que ainda restavam foram parar no Paço Municipal.

“Isso é um absurdo! Só porque sai um audiozinho do prefeito conversando com os secretários tiram o Rivotril de quem mais precisa. E a gente que convive com o medo de ser despejado, senhor Luciano Cartaxo?”, reclamou Dona Maria, moradora do Porto do Capim.

O que diz o prefeito  ̶O̶d̶o̶r̶i̶c̶o̶ Cartaxo

Em contato com os advogados de Luciano ̶O̶d̶o̶r̶i̶c̶o̶ Cartaxo, o The Sucupira Post recebeu a informação exclusiva de que haveria uma conspiração de proporções de um roteiro de filme hollywoodiano, tipo ‘Missão Impossível’, para grampear as conversas do prefeito com os secretários. Eles afirmaram que irão recrutar James Bond para desbaratar o esquema ilícito e criminoso. Outras fontes ligadas à prefeitura, mais realistas, rechaçam a tese. Para eles, a explicação é muito mais simples: o secretário responsável pela falta de Rivotril no SUS de JP foi quem vazou a gravação.

** THE SUCUPIRA POST NÃO É UMA SEÇÃO NOTICIOSA, MAS EXCLUSIVAMENTE DE HUMOR, COM SÁTIRAS DA REALIDADE POLÍTICA DA PARAÍBA.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar