Construção de imóveis irregulares ameaçam área de preservação em Pitimbu

Construções irregulares de imóveis em área de preservação ambiental permanente no município de Pitimbu motivaram a abertura de uma investigação por parte do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

De acordo com o inquérito assinado pela promotora Miriam Pereira Vasconcelos, diligência in loco do Departamento de Tributo de Pitimbu constatou a veracidade da denúncia.

A fiscalização contatou imóveis sendo construídas na área de Lagoa na Praia de Ponta dos Coqueiros, no Distrito de Acaú, por trás da Escola Souto Maior (área de preservação permanente).

De acordo com a promotoria, as construções irregulares estariam, inclusive, causando alagamento nas residências da localidade em período de chuvas.

Comente