Conmebol define novas datas para retorno da Libertadores e Sul-Americana

Em reunião por videoconferência nesta sexta-feira, a Conmebol definiu retorno das principais competições sul-americanas. A Libertadores da América volta dia 15 de setembro, como adiantou o jornal “O Globo”. A Sul-Americana também tem data: 27 de outubro.

As finais das duas competições estão previstas para janeiro de 2021, atravessando a temporada de 2020, como também vai acontecer com o calendário brasileiro.

Prevista para o Maracanã, a decisão sobre o local da final da Libertadores foi adiada e só deve ser retomada mais adiante.

Até o momento da paralisação em razão da pandemia do novo coronavírus, em março, foram disputadas apenas duas rodadas da fase de grupos da Libertadores. Assim, faltam 11 datas para a conclusão da competição: quatro da fase de grupos, duas das oitavas de final, duas das quartas, duas das semifinais e uma da final.

No caso da Sul-Americana, que teve apenas uma fase até o momento, faltam nove datas: duas da segunda fase, duas das oitavas, duas das quartas, duas das semifinais e uma da final. Bahia e Vasco são os únicos brasileiros na competição por enquanto – podem entrar também equipes que ficarem na terceira posição em seus grupos na Libertadores.

Pelo calendário divulgado na quinta-feira pela CBF, há 11 meios de semana disponíveis a partir de 15 de setembro para a disputa das competições sul-americanas, sem Brasileiro da Série A ou oitavas de final em diante da Copa do Brasil (quando entram os times que jogam a Libertadores). Seguindo esse padrão, a fase de grupos da Libertadores deve acabar em outubro, enquanto o mata-mata iria de novembro a janeiro.

Do Globo Esporte.

Comente