Concurso da UFPB oferece mais de 30 vagas com salários de até R$ 10 mil

Cronograma e requisitos exigidos de cada concurso ficam a cargo dos departamentos e podem ser encontrados no edital

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) publicou, nesta sexta-feira (8), no Diário Oficial da União e na página da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), o edital para concurso público de Provas e Títulos para professor de Magistério Superior. Estão sendo ofertadas 32 vagas, divididas entre o Campus I (João Pessoa) e o Campus II (Areia). As remunerações iniciais vão de R$ 3.980,21 a R$ 10.074,18, mais o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

As oportunidades são para os departamentos de Física, Sistemática e Ecologia, Ciências Sociais, Letras Estrangeiras e Modernas, Medicina Interna, Pediatria e Genética, Ciências das Religiões, Fundamentação da Educação, Habilitações Pedagógicas, Metodologia da Educação, Administração, Economia, Finanças e Contabilidade, Ciência da Informação, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Ciências Farmacêuticas, Fisioterapia, Morfologia, Nutrição, Comunicação, Música, Turismo e Hotelaria, Fitotecnia e Ciências Ambientais e Solos e Engenharia Rural.

A Pró-Reitora de Gestão de Pessoas da UFPB, Profa. Rita de Cássia Pereira, destacou os incentivos para ingresso na UFPB como professor, a exemplo da possibilidade de progressão na carreira, remuneração e do ambiente propício ao desenvolvimento da carreira docente. “A UFPB é uma das universidades mais antigas do Brasil, uma das maiores do Nordeste e o docente que vem trabalhar conosco tem a oportunidade de desenvolver plenamente as suas atividades de ensino, pesquisa e extensão na área para a qual ele realizou o concurso”, comentou.

Serão aceitas inscrições realizadas pessoalmente pelo candidato, por procurador ou por via postal expressa (tipo Sedex). O cronograma e requisitos exigidos de cada concurso ficam a cargo dos departamentos e podem ser encontrados no edital.

As inscrições presenciais serão feitas na secretaria do departamento acadêmico responsável pela área objeto do concurso, nos endereços e nos prazos listados no quadro de vagas. Na inscrição por via postal, o candidato deverá remeter correspondência endereçada ao departamento acadêmico responsável contendo cópia autenticada de todos os documentos exigidos.

Há cargos com regimes de trabalho de 20 horas semanais, 40 horas semanais e de dedicação exclusiva, definidos pelos departamentos no edital. A classe de ingresso é professor Adjunto A e os requisitos estão dispostos no edital. O valor da taxa de inscrição é de R$ 88,00 para regime de trabalho T-20; R$ 125,00 para regime de trabalho T-40; e R$ 192,00 para dedicação exclusiva.

Confira na tabela, abaixo, os valores de remuneração e taxa de inscrição:

Regime de

Trabalho

Denominação/

Classe

Titulação Vencimento

básico

Retribuição por Titulação

(Comprovada e não cumulativa – R$)

Auxílio-alimentação Remuneração

inicial bruta (R$)

Taxa de inscrição
T-20 Adjunto A Doutorado 2.236,32 1.285,89 458,00 3.980,21 88,00
T-40 Adjunto A Doutorado 3.130,85 2.700,36 458,00 6.289,21 125,00
Dedicação exclusiva Adjunto A Doutorado 4.472,64 5.143,54 458,00 10.074,18 192,00

Para solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição, os candidatos devem estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e serem membros de família de baixa renda. Ou, ainda, possuir carteira de cadastro no Registro Nacional de Doador Voluntário de Medula Óssea (REDOME), em entidade reconhecida pelo Ministério da Saúde.

As seleções serão realizadas em três etapas, sendo elas: prova escrita, prova didática, prova de plano de trabalho (exclusiva para a classe Adjunto A) e exame de títulos.

O resultado final será homologado pelo Conselho de Centro, em data a ser definida. O prazo de validade do concurso é de 1 ano, contado a partir da data de publicação da homologação dos resultados finais no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período. Mais informações podem ser consultadas no edital.