Companhia diz que PB possui estoque de combustíveis para atender demanda

Conforme nota, 14 mil toneladas de gasolina serão descarregadas no Porto de Cabedelo na próxima segunda-feira pelo navio Celso Furtado

A Companhia Docas da Paraíba (Docas/PB) divulgou nota nesta quinta-feira (19) para esclarecer informações acerca da movimentação de navios petroleiros e desembarque de graneis líquidos no Porto de Cabedelo.

Em nota, a companhia informou que a movimentação dos navios continua normalmente e a previsão é de que na próxima segunda-feira (23), 14 mil toneladas de gasolina sejam descarregadas no Porto de Cabedelo. O produto será transportado pelo navio Celso Furtado.

De acordo com a Docas, “os quatro terminais de combustíveis do complexo portuário de Cabedelo, responsáveis pelo abastecimento dos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, possuem estoque suficiente para o prosseguimento normal da distribuição do referido insumo até o desembarque da nova carga.”

A companhia ainda destacou que regulações de estoque no armazenamento de graneis líquidos nos terminais de Cabedelo, com remanejamento de algum tipo de combustível de ou para outros centros de distribuição da região Nordeste por meio de rodovias é normal e depende da demanda de cada localidade e de suas bases de abastecimento.

Leia na íntegra:

1. A programação de movimentação de navios petroleiros no Porto de Cabedelo segue ocorrendo normalmente, com previsão de atracação do navio Celso Furtado para o dia 23/11/2020, quando serão descarregados mais de 14.000t (quatorze mil toneladas) de gasolina.

2. Os quatro terminais de combustíveis do complexo portuário de Cabedelo, responsáveis pelo abastecimento dos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, possuem estoque suficiente para o prosseguimento normal da distribuição do referido insumo até o desembarque da nova carga.

3. Eventuais regulações de estoque no armazenamento de graneis líquidos nos terminais de Cabedelo, com remanejamento de algum tipo de combustível de ou para outros centros de distribuição da região Nordeste via modal rodoviário, são expedientes considerados normais, a depender da demanda de cada localidade e de suas bases de abastecimento.