Com afastamento determinado pela Justiça, presidente e vice do Botafogo-PB renunciam aos cargos

O presidente e vice da executiva do Botafogo-PB, José Freire da Costa (Zezinho do Botafogo) e Guilherme Carvalho, o Novinho, resolveram não esperar pela notificação da Justiça e protocolaram os seus pedidos de renúncia dos cargos que ocupam na diretoria do clube da estrela vermelha.

Agora, o vice-presidente de patrimônio, Pedro Magazine, é quem responde como presidente do clube. A informação foi confirmada pelo conselheiro Raimundo Nóbrega.

Publicidade
ALPB

– Pedro ficará até o dia 31 de outubro, pois o novo presidente assume no dia 01 de novembro. Estamos organizando o pleito, principalmente agora, que precisamos antecipar em uma semana por causa das eleições – disse.

Na semana passada, a 4ª Vara Criminal de João Pessoa determinou o afastamento imediato dos dirigentes Zezinho do Botafogo, Guilherme Novinho, o vice-presidente jurídico Alexandre Cavalcanti, o vice-presidente de futebol Breno Morais e o diretor de futebol Francisco Sales.

Além deles, a juíza Andréa Galdino também tornou réu e pediu a saída imediata do presidente do Campinense, William Simões.

Ambos os casos são frutos da Operação Cartola, que foi deflagrada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, através do Gaeco, após o Campeonato Paraibano deste ano. Dirigentes e árbitros são acusados de envolvimento em um esquema de manipulação de resultados. Com Voz da Torcida.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]