CMJP aprova requerimento de Leo para que Fulgêncio preste contas sobre Covid-19

Secretário de Saúde terá que detalhas todas as ações desenvolvidas pelo Município no enfrentamento e combate ao coronavírus na Capital

CMJP aprova requerimento de Leo para que Fulgêncio preste contas sobre Covid-19
Vereador Leo Bezerra - Foto: Olenildo Nascimento

Mesmo com voto contrário da bancada do partido do prefeito Luciano Cartaxo (PV), a Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou, nesta terça-feira (12), requerimento do vereador Leo Bezerra (Cidadania) para que o secretário de Saúde da Capital, Adalberto Fulgêncio, preste esclarecimentos ao Poder Legislativo sobre as ações desenvolvidas pelo Município no enfrentamento e combate ao coronavírus.

“Requeiro as Vossas Excelências, na forma regimental, ouvido o Plenário, que esta Casa Legislativa se digne adotar providências necessárias a convidar o Secretário de Saúde do município de João Pessoa, Senhor Adalberto Fulgêncio, para de forma remota/virtual, prestar esclarecimentos/detalhamentos a esta Casa Legislativa sobre as “ações desenvolvidas no enfrentamento e combate ao coronavírus (Covid-19)” por esta Secretaria e pelo Poder Executivo Municipal”, diz trecho do requerimento apresentado por Leo no último dia 30.

Com mais de 1.200 casos confirmados, a cidade de João Pessoa é o epicentro do coronavírus no Estado. De acordo com dados divulgados pela Prefeitura da Capital, nesta terça-feira (12), Mangabeira é o bairro da cidade que registra mais casos: 86 no total. Em seguida aparecem Manaíra, com 78, e Cristo Redentor, com 63.

A sessão ordinária da CMJP desta terça-feira ocorreu novamente de forma remota, com o suporte do Núcleo de Tecnologia de Informação (NTI) e do Setor de Comissões da Casa. Além do requerimento de Leo, os vereadores debateram outros temas, como a criação do Fundo Emergencial de Combate à Covid-19 (FECC) e a instituição de uma renda mínima emergencial para catadores de material reciclável, taxistas e motoristas de aplicativos de João Pessoa.

Comente