- Publicidade -
Cotidiano

Citado em caso de exploração sexual, padre Jaelson afirma ter consciência tranquila

Após ter sido citado na reportagem veiculada no Fantástico no domingo (20) sobre casos de exploração sexual dentro da Igreja Católica da Paraíba, o Monsenhor Jaelson Alves se pronunciou em suas redes sociais afirmando ter “a consciência tranquila diante de Deus e das pessoas que me conhecem”.

- Continua depois da publicidade -

“Refuto veementemente todas as calúnias que levantaram contra mim. Coloco diante do Trono de Deus esta causa. Se os homens não, Deus sim, Ele fará justiça ao seu tempo e ao seu modo”, disse ainda.

O nome de Jaelson Alves aparece entre os quatro sacerdotes apontados como responsáveis pelos abusos. As vítimas relataram relações sexuais também com Severino Melo, Ednaldo Araújo dos Santos e Rui da Silva Braga, além do então arcebispo Dom Aldo Pagotto.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar