Cientista político diz que morte de Campos causa impacto em eleições na PB

Com a morte prematura do presidenciável Eduardo Campos (PSB), o cenário político tanto nacional quanto local sofre modificações. Na Paraíba, o governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB), é o principal atingido com essa ausência. O cientista político e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Jaldes Meneses, acredita que essa perda pode refletir na campanha de Ricardo.

“Na condição objetiva de candidato do mesmo partido de Eduardo Campos e Marina Silva, o PSB, e subjetiva de amigo, Ricardo Coutinho, embora as eleições estaduais tenham narrativa própria, sem dúvida o fato nacional da dimensão da morte de Eduardo e o possível lançamento da candidatura de Marina trarão impacto nas eleições paraibanas. Objetivamente, aqui também a eleição se ’emocionaliza’ (sic)”, afirmou.