Cidadania anuncia 41 pré-candidaturas à Câmara de Vereadores de João Pessoa

Com 41 pré-candidatos ao cargo de vereador, o Cidadania realizou, no Hotel Nord Class Tambaú, reunião com o objetivo de formatar uma chapa forte e competitiva para a disputa proporcional, que possa eleger a maior bancada na Câmara Municipal de João Pessoa nas próximas eleições.

A previsão do partido é eleger, no mínimo, cinco parlamentares para a Casa de Napoleão Laureano.

Além do estímulo e reforço do apoio do partido a todos os pré-candidatos de forma igualitária, foi aprovado, à unanimidade dos presentes, por iniciativa dos militantes que estão ingressando na legenda, um indicativo de que, como forma de estabelecer uma disputa com ‘paridade de armas’ entre todos os postulantes e garantir condições iguais de vitória a todos os filiados, não serão mais aceitos, na Capital, pré-candidatos com mandatos eletivos, espaços já preenchidos pelos atuais vereadores Leo Bezerra e Zezinho do Botafogo, prestigiando, assim, as lideranças que buscam o seu primeiro mandato.

Com essa medida, o Cidadania privilegia a nova safra de militantes que está se filiando ao partido e afasta a pretensão de qualquer postulante que tenha cogitado “entrar por cima” na agremiação.

Thiago Diniz, presidente da Juventude do Cidadania e pré-candidato a vereador, comemorou a aprovação unânime do indicativo e lembrou que o partido, ao adotar essa estratégia, repete a fórmula vencedora que foi utilizada em 2018, nas eleições estaduais, quando os pré-candidatos para a Assembleia Legislativa, naquela oportunidade, fora a filiação de Bosco Carneiro, não aceitaram a entrada de qualquer outro deputado com mandato, a fim de que todos os candidatos disputassem em pé de igualdade. “Em time que está ganhando, não se mexe. Então, a estratégia, que deu certo em 2018, dará certo também e será repetida em 2020”, disse Diniz.

Comente