Publicidade
Política

Cida Ramos defende instalação de CPI do Feminicídio na ALPB

Quatro mulheres foram assassinadas apenas na Semana Santa

A deputada estadual Cida Ramos (PSB) defendeu, em discurso na tribuna nessa terça-feira (23), a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) após quatro feminicídios durante o feriadão da Semana Santa.

- Continua depois da publicidade -

“Apenas no mês de abril, seis mulheres foram assassinadas; quatro delas durante a Semana Santa e os suspeitos são os companheiros e ex-companheiros das vítimas, somados a mais 11 casos somente este ano”, lamentou.

A CPI, que deve ser aprovada, irá criar um plano de trabalho para apurar casos de feminicídio e buscar medidas concretas para a redução deste tipo de crime hediondo.

“A Assembleia acerta com a decisão de instalar a CPI, de autoria do nosso mandato, pois, através de medidas concretas, iremos fortalecer a proteção integral às mulheres do nosso estado. A violência contra a mulher não pode ficar em silêncio. O silêncio apenas permite que a violência prossiga. O feminicídio expõe uma sociedade machista, preconceituosa e agressiva. Precisamos mudar para um patamar civilizatório de respeito aos direitos humanos. E essa mudança é urgente”, pontuou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar