Cícero Lucena e Ruy Carneiro: dois caminhos distintos de encarar a Justiça

Comportamento do prefeito de João Pessoa revela que a capacidade de administrar e maturidade são fundamentais para um gestor de uma capital

No cenário político, a maneira como um líder reage diante de acusações e investigações judiciais pode revelar muito sobre seu caráter e respeito pelas instituições e pelas pessoas. Diante de uma operação que atingiu sua administração e família, o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) escolheu a transparência e a cooperação com a Justiça. Sua decisão de enfrentar as alegações, manter suas responsabilidades públicas e colaborar com as investigações demonstra um respeito pelas instituições e pelo processo legal.

Tão logo a Operação Mandare estava cumprindo buscas e apreensões nas secretarias de Saúde, cujo um dos alvos é a própria filha, Janine Lucena; de Direitos Humanos e Cidadania, e na Emlur, Cícero optou por não fugir das responsabilidades, manteve a agenda do dia, enfrentou a imprensa. Além disso, determinou a apuração dos fatos dentro da Prefeitura de João Pessoa. Doa a quem doer.

O comportamento de Cícero revela como a experiência em gestão pública, capacidade de administrar e maturidade são fundamentais para um prefeito de uma capital. Mas vamos lembrar que nem sempre a classe política age com a mesma sensatez.

Condenado a 20 anos de prisão por fraude, peculato e lavagem de dinheiro no Caso Desk, o deputado federal e pré-candidato a prefeito Ruy Carneiro reagiu confrontando a Justiça.

+Caso Desk: MP se posiciona contra prescrição da ação que investiga improbidade de Ruy Carneiro

Ao invés de respeitar o processo judicial, optou por uma campanha pública de descredito à decisão do juiz Adilson Fabrício, sugerindo motivações políticas e adotando uma postura de vítima. Essa atitude pode ser interpretada como uma tentativa de minar a confiança no sistema de justiça e desviar a atenção de suas próprias ações. E sabe quem ama desrespeitar as instituições? A extrema direita.

A diferença é clara: enquanto um escolheu o caminho de desafiar a Justiça e do espetáculo nas redes sociais e até mesmo nos outdoors pela cidade, o outro optou pela integridade e responsabilidade. O respeito pelas instituições não se mostra apenas nas palavras, mas nas ações tomadas em momentos de crise. Cícero Lucena, ao lidar com a situação de forma aberta e direta, respeita mais as instituições e o princípio da legalidade, essencial para a democracia e a confiança pública.

A postura de um político diante da Justiça é um indicativo de seu compromisso com a ordem legal e com os princípios democráticos. A reação de Cícero Lucena, em contraste com a de Ruy Carneiro, destaca a importância de manter a dignidade e o respeito pelas instituições, mesmo sob pressão. É essa integridade que fortalece a confiança na governança e no estado de direito.