Cícero entrega CMEI José Carvalho, a 32ª unidade escolar reconstruída pela Prefeitura

Gestor disse que o objetivo da gestão municipal é seguir avançando para que toda rede de ensino receba as obras e entrem no padrão de educação

Deixar um filho pequeno em uma unidade escolar, mais do que necessidade, é questão de confiança. Saber que ele recebe um acolhimento humano, em um ambiente confortável, seguro e que prepara para o futuro tranquiliza o coração de mãe. A dona de casa Josenilda Cardoso descreveu essa sensação ao deixar o pequeno Nicolas, de 4 anos, no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) José de Carvalho da Costa Filho, no Altiplano, que foi reconstruído pela Prefeitura de João Pessoa e entregue pelo prefeito Cícero Lucena, na manhã desta sexta-feira (17).

O gestor disse que o objetivo da gestão municipal é seguir avançando para que toda rede de ensino, seja com os CMEIs ou as escolas, receba as obras e entrem no padrão de ensino e infraestrutura que já está presente em 32 unidades. Ele também reforçou o compromisso de fazer a escola municipal tão boa ou até melhor do que as melhores escolas privadas.

“É algo que nos alimenta na vontade de fazer cada vez mais e melhor. Você dotar o equipamento, do cuidar das nossas crianças, com o padrão que estamos fazendo, climatizando, com toda a tecnologia, com profissionais qualificados, reconhecidos e valorizados e apaixonados pelo que fazem. É algo que nos renova a certeza de um futuro melhor”, disse o prefeito Cícero Lucena.

Na unidade, com a construção de quatro novas salas, além de um novo bloco para atividades pedagógicas e berçários, serão ofertadas 200 novas vagas. “Agora sim, as crianças podem vir, a partir dos seis meses, para serem acolhidas, para serem cuidadas. E com um olhar diferenciado. Hoje, a Educação Infantil do Município, é o prelúdio da alfabetização”, afirmou a secretária de Educação de João Pessoa, América Castro.

Enquanto deixa o filho Nicolas no CMEI para cuidar dos afazeres domésticos, Josenilda Cardoso já pensa no futuro, tanto do pequeno estudante quanto do que está para nascer – ela está grávida e disse que já faz planos para ele também ser acolhido na unidade. “Eu estou muito feliz, porque ficou tudo maravilhoso. A equipe aqui também é muito especial, que cuida do meu filho com muito amor, por isso que, se Deus quiser, o próximo vai ficar aqui também”, garantiu.

Intervenções na unidade – Além da construção das quatro novas salas e bloco pedagógico, a obra promoveu a modernização da fachada e acesso a edificação, construção de reservatório, pintura da edificação, projeto elétrico e subestação, recuperação de cobertas, execução do projeto de climatização, substituição de pisos, substituição da rede hidrossanitária, recuperação, substituição e inserção de novas esquadrias, adequação da acessibilidade. O investimento foi de R$ de 1,6 milhão.