Casos de Covid-19 no Brasil podem ter passado de 1,6 milhão, revela estudo

Conforme estudo, jovens são a parcela com o maior número de casos; país contabilizava 107.780 casos de covid-19 até ontem, segundo o Ministério da Saúde

O número de pessoas infectadas pelo coronavírus no Brasil pode ter passado de 1,6 milhão, segundo um estudo do portal Covid-19 Brasil, criado por profissionais de diversas áreas e instituições, especialmente da USP (Universidade de São Paulo).

Oficialmente, o país contabilizava 107.780 casos de covid-19 até ontem, segundo o Ministério da Saúde. No entanto, o número real pode ser bem maior: 1.657.752, considerando a subnotificação, de acordo com o levantamento.

Para chegar a esse número, os especialistas aplicaram ao Brasil a mesma taxa de mortalidade da covid-19 observada na Coreia do Sul, onde houve testagem em massa da população e considerado um dos países com o número de casos e mortes notificados mais fiéis à realidade.

Com isso, segundo o levantamento, foi possível notar “a discrepância do real cenário brasileiro de população de pessoas infectadas pela doença”.

Jovens são maioria entre os infectados

O estudo também estima que os jovens são a parcela com o maior número de casos. Apenas as pessoas com idades entre 20 e 39 anos representam 32,3% dos infectados pelo coronavírus.

Em segundo lugar vem a população com até 19 anos, que representa 28,3% dos casos. A faixa entre 40 e 59 anos totaliza 25,1%, enquanto os casos em pessoas acima de 60 anos representam 14,3%.

Comente