O deputado estadual Raoni Mendes (DEM) recorreu, na tarde desta segunda-feira (6), a uma frase célebre do ex-presidente americano Abraham Lincoln para rebater o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), que pela manhã, em entrevista à imprensa, o acusou de ‘requentar’ informações a respeito da obra da Lagoa apenas para atingir sua gestão.

Leia também

Cartaxo nega notificação da Caixa para devolver R$ 10 milhões e ‘alfineta’ Raoni; ouça

“Cartaxo quer subestimar o Ministério Público Federal, a Polícia Federal e a Controladoria Geral da União. Mesmo com com nota oficial da Caixa e dos Ministério da Cidades, (ele) vem querer desviar o assunto como desviou os recursos (da obra da Lagoa). A prefeitura, além de devolver (recursos), vai ter que dizer onde colocou os R$ 10 milhões. Colocar panos quentes onde o fato do desvio da obra da Lagoa está comprovado pela CGU, não vai adiantar”, disse Raoni.

“A frase de Abraham Lincoln cai bem para este dublê de gestor: ‘você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo’”, acrescentou o deputado.

Entenda o caso

Na última quarta-feira (1), em discurso da tribunal da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Raoni informou que a Caixa Econômica estipulou uma prazo de 60 dias para a gestão do prefeito Luciano Cartaxo devolver aos cofres da União os recursos que teriam sido desviados da obra da Lagoa.

De acordo com o deputado, a devolução dos R$ 10 milhões foi solicitada pelo Ministério das Cidades, após comprovação dos desvios por parte da Controladoria Geral da União (CGU), em Brasília. Em seu discurso, Raoni afirmou que o pedido de devolução dos recursos comprova as denúncias que recarem contra a obra executada pela PMJP.

Nesta manhã, ao ser questionado pela imprensa, Luciano Cartaxo negou que a prefeitura tenha sido notificada pela Caixa e acusou Raoni de tentar “requentar’ o tema.

“Não tem devolução, porque não chegou absolutamente nada na Prefeitura Municipal de João Pessoa; não fomos notificados absolutamente de nada; essa é uma matéria requentada. Nós vamos continuar trabalhando, fazendo o que precisa ser feito, fazendo os investimentos e tornando o Parque da Lagoa um espaço para nossas famílias”, disse o prefeito.

Comente