Caso Kaliane: acusado é condenado a 30 anos de prisão por feminicídio

Julgamento de Jucélio aconteceu nesta segunda-feira (22) no Tribunal do Júri de São Bento, no sertão da Paraíba

A Justiça da Paraíba condenou Jucélio Dantas Pereira a 30 anos de prisão pela morte da ex-namorada, Kaliane Medeiros.

O julgamento do acusado aconteceu nesta segunda-feira (22) no Tribunal do Júri de São Bento, no sertão da Paraíba. O crime aconteceu em setembro de 2023.

Jucélio foi condenado por feminicídio triplamente qualificado. De acordo com a decisão da Justiça, ele vai cumprir pena em regime fechado no presídio de Catolé do Rocha.