Cartaxo consola e dá esperança a vereador não reeleito: “fique tranquilo”

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD), apesar de não ter conseguido sua reeleição este ano, ficou mais tranquilo sobre o seu destino político após conversa com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD). O parlamentar afirmou que deverá permanecer na vida pública seja no parlamento ou na gestão municipal.

“Eu dei os parabéns a ele (Cartaxo) e ele me disse, de forma muito partidária e amistosa, que eu ficasse tranquilo. Estamos dentro dessa tranquilidade, esperando ele marcar uma reunião, e no momento oportuno, iremos discutir o futuro do partido, da gestão e da gente que disputou a eleição de forma casada, ajudando e contribuindo para que o prefeito pudesse ser reeleito já no primeiro turno”, declarou.

Com 4.138 votos, Marmuthe conquistou a segunda suplência e afirmou que a meta era reeleger ao menos sete vereadores da coligação, mas a diminuição da votação de alguns parlamentares, a exemplo de Bira Pereira (PSD), chegou a surpreender.

“A gente não contou com a redução considerável da votação de algumas figuras emblemáticas que disputaram a reeleição. Ninguém esperava que Bira tivesse a votação que tirou, o próprio Aníbal Marcolino. Na nossa matemática, a gente faria sete dos dez vereadores, mas a gente estava preparado para qualquer resultado e vamos contribuir com a gestão seja na Câmara Municipal ou no próprio governo”, disse.

Ele evitou opinar sobre os motivos que teriam prejudicado os colegas, mas destacou que sua votação se manteve estável.

“Eu não posso responder por eles, eu respondo por mim. Eu permaneço em alta credibilidade, afinal de contas, eu repeti a votação que tirei em 2012. Permaneci com a votação semelhante, com quatro mil votos. Eu não sei os erros que eles cometeram, não foram do partido, nem do parlamento, foram de alguns que devem sentar e reavaliar o que foi feito durante o mandato”, falou.

Com informações do Blog do Gordinho.

Comente