Candidatos a vereador com nomes exóticos desejam chamar a atenção do eleitorado

Em todo pleito eleitoral sempre surgem aqueles candidatos que usam um nome um tanto exótico para tentar convencer aos seus eleitores e/ou chamar a atenção dos mesmos, neste ano não será diferente, na Paraíba, o processo trouxe ao eleitorado apelidos inusitados de candidatos a vereador que vão desde nomes de animais, comidas, profissão até estado civil, ou ainda nome de gente famosa.

Do Litoral ao Sertão paraibano, há candidatos registrados no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) com nomes diferentes. Nos registros constam apelidos como Xexeu Pessoa, Pantera, Arroz, Colorau, Palhaço Picolé e Pelé que concorrem a uma vaga na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

Na região metropolitana, o município de Santa Rita, entre os nomes mais chamativos estão: Zeca Urubu, Tubarão, Abacaxi do Holanda, Moca, Bebe Óleo e Albertina da Tapioca. Em Cabedelo, dos 180 nomes, sobressai Piu-piu, Bimbo, Teco de Coelhinho e Marquinho Carla Perez.

Já dos 393 nomes registrados para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), os que devem chamar mais a atenção do eleitorado, no requisito excêntrico, são Morena Melancia, Preto, Bêbe, Bigode do Café e Mulher Guerreira.

Na região do Cariri, no município de Taperoá, os destaques ficam por conta dos candidatos Já É e Nem. Em Guarabira, há o homônimo do cantor britânico Elton John; na Baía da Traição tem o candidato Chuchu da Baía da Traição; enquanto que no município de Santa Terezinha, no Sertão, tem o candidato registrado com o nome de Solteiro.

 

Comente