- Publicidade -
Esportes

Campinense mantém treinos até esta sexta-feira, mas agenda reunião para reavaliar a situação

Decisão da diretoria do Rubro-Negro - que, por ora, é parcial - vai na contramão de outros times da Paraíba, como Auto Esporte

Mesmo após a suspensão do Campeonato Paraibano, em prevenção à pandemia de coronavírus, que causa a doença Covid-19, o Campinense informou na manhã desta quinta-feira que vai seguir normalmente com suas atividades nos profissionais por pelo menos mais dois dias. A situação, porém, pode ser reavaliada. É que o clube agendou uma reunião para esta sexta-feira, onde os dirigentes vão debater sobre o prosseguimento ou não dos treinos.

- Continua depois da publicidade -

A decisão da diretoria do Rubro-Negro – que, por ora, é parcial – vai na contramão de outros times da Paraíba, como Auto Esporte, Botafogo-PB, Queimadense, São Paulo Crystal e Sousa, que já paralisaram suas atividades como forma de prevenção ao coronavírus. Além desses, o Treze também reduziu suas atividades, suspendendo as categorias de base do sub-5 ao sub-13.

De acordo com a assessoria de imprensa do Campinense, apesar de o prosseguimento dos treinos estar previsto até esta sexta-feira, os jogadores estão seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde para evitar o contágio e a disseminação do vírus. Além disso, também foi tomada a medida de restringir a entrada nos centros de treinamentos e sede do clube apenas a funcionários.

A última partida do Campinense foi há quase duas semanas, quando o time venceu a Perilima no Estádio Amigão por 2 a 1. A competição para com a Raposa na primeira colocação do Grupo B, um à frente do Sousa. Informações do Globo Esporte.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar