Campinense empata com o CRB em casa e segue sem vencer no Nordestão

Na próxima rodada, o time paraibano visitará o Floresta, no Ceará, enquanto a equipe alagoana fará o clássico contra o CSA, em Maceió

Campinense e CRB fizeram um jogo equilibrado na noite desta quarta-feira (9), no Amigão, em Campina Grande, fechando a terceira rodada da Copa do Nordeste. No fim, empate por 1 a 1, com os dois gols marcados no primeiro tempo.

Com o empate, o Campinense segue sem vitória e com apenas dois pontos após três jogos disputados, ocupando a sexta colocação do Grupo A, fora da zona de classificação para a próxima fase. Já o CRB, que fez apenas dois jogos até o momento, tem quatro pontos e é o terceiro colocado da Chave B.

Campinense e CRB voltarão a campo pela Copa do Nordeste já no próximo domingo (13). O time paraibano visitará o Floresta no Domingão, no Ceará, às 15h, enquanto a equipe alagoana fará o clássico contra o CSA, no Rei Pelé, às 18h30.

Veja o gol da Raposa

Primeiro tempo

A primeira grande chance na partida foi do CRB. Logo aos cinco minutos, Longuine quase marcou um gol olímpico, mas o goleiro Mauro Iguatu tirou de soco. E o time alagoano foi à carga novamente, com Gum, de cabeça, assustando o time da casa. Mas quem abriu o placar foi o Campinense.

Aos 30 minutos, em uma linda cobrança de falta, Dione fez 1 a 0. E o mesmo Dione quase ampliou, seis minutos mais tarde, de voleio. Aí, aos 39, o CRB empatou. Gum aproveitou rebote após a bola ir na trave do Campinense e a defesa afastar mal. E ainda houve tempo de Olávio quase desempatar para o time paraibano, mas os times foram para o intervalo com o placar igualado mesmo.

Segundo tempo

Na segunda etapa, O Campinense foi quem primeiro deu o ar da graça, mas Iago desperdiçou grande chance, aos 11, quando ficou cara a cara com o gol e tocou fraco, para fácil defesa do goleiro Diogo Silva. E a resposta foi rápida. Diego Torres bateu forte, e Mauro Iguatu se esticou todo para evitar a virada do CRB.

Christian ainda teve mais uma oportunidade para o time da casa, mas a essa altura, o jogo já estava morno, sem grandes emoções. Mas voltou a esquentar já perto do fim, quando Gustavo Apis finalizou bem para mais uma grande defesa de Mauto Iguatu. Com informações do GE.