Paraibano: Nacional de Patos e Treze empatam em primeiro jogo da nona rodada

Em um jogo com algumas chances criadas e falta de ritmo evidente, o Galo saiu lucrando um ponto em cima de um Nacional

No estádio José Cavalcanti, Nacional de Patos e Treze abriram a nona rodada do Campeonato Paraibano de 2020. Em um jogo com algumas chances criadas e falta de ritmo evidente, o Galo saiu lucrando um ponto em cima de um Nacional que criou mais, e continua temporariamente no G2 do Grupo A. O Canário do Sertão, por sua vez, perdeu a chance de se afastar do rebaixamento e garantiu a classificação antecipada ao Campinense para as semifinais.

Em ritmo lento, o jogo era muito brigado, especialmente no meio-campo. Moacir Júnior optou por mandar o Treze a campo com um ataque mais móvel, sem referência, enquanto Celso Teixeira montou um time fechado para sair em velocidade, mas a falta de ritmo fez com que ambos pouco criasse.

A primeira boa jogada da partida veio só aos 39 minutos. Douglas Lima, ponta do Treze, fez a festa pela direita e cruzou na cabeça de Tales, que escorou no canto esquerdo, mas a bola caprichosamente bateu na trave e a defesa nacionalina afastou o perigo.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Rafael Tchuca invadiu a área pela direita e bateu cruzado e Du apareceu na segunda trave para escorar e obrigar Jeferson a fazer excelente defesa e evitar o gol do Nacional de Patos, mas o auxiliar já havia marcado impedimento.

Dois minutos mais tarde foi a vez de Du invadir a área pela direita e bater cruzado, mas a bola saiu pela direita da meta trezeana.

O Galo foi se arriscar no ataque aos 20 minutos, quando Tales arriscou de esquerda da entrada da área e Danilo voou para espalmar a bola e mandar para escanteio. Após a cobrança, Breno Calixto encontrou Ermínio na direita. O estreante bateu cruzado e o goleiro do Naça segurou firme no meio do gol.

Chegando na reta final da partida, o Nacional se mandava ao ataque e, aos 39 minutos, Edmar entrou na área pela esquerda e bateu cruzado, de canhota, mas a pelota subiu demais e foi por cima da meta de Jeferson. Aos 44, Danilo Itaporanga também invadiu pela esquerda e chutou firme para o goleiro do Treze espalmar a bola que foi em cima dele.

Com o empate por 0 a 0, o Treze fica com 17 pontos, na segunda colocação do Grupo A, mas pode ser ultrapassado pelo Botafogo-PB, que enfrenta o Sousa amanhã (19), e sair da zona de classificação para as semifinais. Na décima rodada, o Galo faz o Clássico dos Maiorais com o Campinense.

O Nacional de Patos perdeu a possibilidade de escapar do rebaixamento com a vitória que deixou escapar. Agora, o alviverde tem 9 pontos, e caiu para a quarta colocação do Grupo B, com dois pontos a mais que o lanterna CSP, que joga na quarta-feira com o rebaixado Sport Lagoa Seca. O Naça também deu adeus ao remoto sonho da classificação para as semifinais. Na próxima partida, o Canário do Sertão visita a Perilima.

Escalações

Nacional de Patos: Danilo, Matheus, Leone, Darlan, Danilo Itaporanga; Cristiano, Antony (Du), Rafael Tchuca (Léo Maceió); Manu (Edmar), Patrick e Denilson. Técnico: Celso Teixeira.

Treze: Jeferson, Léo Pereira, Nilson Júnior, Breno Calixto, Gilmar; Robson, Vinicius Barba, Bruno Mota (Ermínio); Douglas Lima (Alexandre Santana), Tales (Caxito) e Edson Carioca. Técnico: Moacir Júnior.

Do Voz da Torcida.

Comente