Calvário: TJ determina desbloqueio imediato de salários de quatro investigadas

Decisão tem como objetivo de "garantir os meios necessários à subsistência dos requerentes e de suas famílias"

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) determinou, nesta quarta-feira (19), o desbloqueio imediato dos salários, vencimentos, pensões, honorários periciais e subsídios de investigados na operação que tiveram bens bloqueados.

De acordo com a publicação, foram beneficiadas Estela Bezerra, Cida Ramos, Márcia Lucena e Cláudia Veras. A decisão tem como objetivo de “garantir os meios necessários à subsistência dos requerentes e de suas famílias, sobretudo enquanto se aguarda a manifestação ministerial acerca dos pleitos”.

Os desbloqueios são referentes ao mês de julho, que foram objetos de bloqueio por meio da decisão proferida.

Comente