Cajazeiras: secretários são intimados a depor em delegacia, mas não aparecem

Após oitivas, delegado de Combate à Corrupção decidirá se caso será encaminhado para o Tribunal de Justiça da Paraíba ou para o Ministério Público Federal

A Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), em João Pessoa, intimou quatro auxiliares da Prefeitura de Cajazeiras, após denúncia de supostas irregularidades na Secretaria de Saúde do município. A informação foi divulgada pelo Diário do Sertão na quinta-feira (12).

De acordo com o documento, a secretária de Saúde Francimones Rolim de Albuquerque e o secretário da Fazenda Pública do município, Laesso Antônio de Souza Abreu foram intimados a depor na última terça-feira (10). No dia 11, quarta-feira, deveriam prestar depoimento a diretora da Policlínica, Andrea Albuquerque dos Anjos Maciel, e a diretora de Regulação da Secretaria de Saúde, Sara Sheyla Santana Alves. No entanto, conforme informações dadas pelo delegado Allan Murilo Barbosa Terruél, em entrevista ao Olho Vivo da TV Diário do Sertão, os quatro não compareceram.

O delegado afirmou que devido às eleições municipais, as intimações serão adiadas para a próxima quarta-feira (18) e, em caso de não comparecimento, podem haver punições. Sem dar mais detalhes sobre o caso, Terruél apenas informou que os procedimentos têm relação com o funcionamento do sistema de saúde de Cajazeiras e outras cidades da região.

Terruél ainda destacou que há documentos que podem comprovar os supostos crimes. Após as oitivas, o delegado irá decidir se o caso será encaminhado para o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) ou para o Ministério Público Federal (MPF).

Confira:

Com informações do Diário do Sertão