“Cadê a CPI das Rachadinhas?”: população protesta na Câmara devido à manobra contra Márcia Lucena

A população se fez presente e protestou bastante, na manhã desta segunda-feira (17), durante a realização da sessão extraordinária para votar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que visa investigar supostas irregularidades nos contratos de coleta de lixo em Conde.

Com gritos de “golpista” e cartazes que cobravam e colocavam sob suspeita a atuação de parlamentares que atuaram na legislatura passada, a população não se calou. “Cadê a CPI das Rachadinhas?”, questionou uma mulher. “Quando a cidade vivia no lixo, os vereadores viviam caladinhos”, frisou outro.

“Querem acabar com o Conde”, bradou outra em um cartaz. Os ânimos se exaltaram um pouco mais, no momento em que os vereadores foram aprovar a instauração da CPI, pois nenhum parlamentar explicou o porquê da ação. Eles permaneceram calados, mesmo diante do pedido do povo em se justificarem. Neste momento então, iniciaram os gritos de “golpistas”.

Cacique Ednaldo, uma das lideranças indígenas mais importantes do Litoral Sul, chegou a afirmar que a cidade está limpa e não havia justificativa plausível para o início da CPI.

Veja fotos do protesto

 

Comente