- Publicidade -
Política

Cabo Gilberto admite sair do PSL e demonstra insatisfação com Julian Lemos

Deputado estadual disse que, se Bolsonaro deixar partido, sairá sem dar satisfação alguma a Julian

O deputado estadual Cabo Gilberto admitiu deixar o PSL caso o presidente Jair Bolsonaro confirme a sua desfiliação da legenda. O parlamentar viu com bons olhos a operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão na residência do presidente do PSL, Luciano Bivar, e na sede do partido, para investigar supostas candidaturas laranjas do partido.

- Continua depois da publicidade -

“O presidente está de parabéns porque mandou investigar o próprio partido desde o início do mandato. Ele pode ter todos os defeitos do mundo, mas, corrupto, não é”, avaliou o parlamentar, em entrevista ao programa de ‘Rádio Verdade’, da Arapuan FM.

Cabo Gilberto, assim como o outro deputado do PSL na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Moacir Rodrigues, demonstra insatisfação com o presidente do partido na Paraíba, Julian Lemos. Ele disse que se Bolsonaro sair do partido, ele deve ir junto sem dar satisfação alguma ao deputado federal que dirige a legenda em nível estadual.

“Eu não preciso avisar a Julian Lemos, porque eu não sou subordinado a ele [Julian]. Sou deputado estadual e só tenho satisfação a dar ao povo”, garantiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar