Cabo da PM é suspeito de informar bandidos sobre ações policiais em JP; ouça

Um cabo da Polícia Militar da Paraíba (PMPB) está sendo investigado por supostamente repassar informações de ações policiais para criminosos. Áudios onde o militar antecipa as incursões da PM foram divulgados neste sábado (29). Em uma das mídias, ele comenta sobre uma ação na Comunidade do S, em João Pessoa.

“Vão dar um bote no terreno de Ueré agora, vai duas viaturas para lá. Apague esse mensagem aí, por favor”, diz o cabo em um dos áudios enviados para os bandidos.

“Tá sozinho aí mesmo, to cismado que tu tá com alguém aí. Escuta a situação. Vão uns bicho dá um bote aí agora, visse. Na entrada do [comunidade do] S aí”, afirma o militar em outra mensagem enviada para criminosos.

Ouça os áudios

 

O militar trabalha na 5ª Companhia, na área de Rádio Patrulhamento. A Polícia Militar não divulgou a identidade do cabo, já que o caso está sob investigação.

Afastado

De acordo com o comandante da 5ª Companhia, Isaías Souza, o militar foi afastado imediatamente das suas funções, além de ter sido instaurado um inquérito policial militar para apurar o caso.

Sobre a voz dos áudios ser mesmo do militar, o comandante não confirmou. “Isso não podemos afirmar, porque será submetido a avaliação pericial, por cota do inquérito. Após comprovado é que teríamos essa informação para prestar”, disse.

O inquérito

A conduta do militar nunca havia sido colocada sob suspeita até então, conforme o comandante. Porém, com os fatos atuais as investigações foram iniciadas. O inquérito policial militar dura cerca de 40 dias. Após este período, o relatório é enviado ao Comando Geral da PM.

O resultado das investigações pode resultar até em exclusão do cabo dos quadros da polícia.

Comente