Cabedelo vacina neste sábado pessoas acima de 59 anos com comorbidades

Estão entre o grupo: diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos imunossuprimidos e os que tem obesidade grau 3

Caixa com doses da Coronavac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan contra o coronavírus Foto: Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

Cabedelo recebeu, nesta sexta-feira (16), mais 2.110 doses das vacinas contra a Covid-19. Com a chegada do novo lote, a cidade inicia, a partir deste sábado (17), a imunização em pessoas acima de 59 anos que possuam alguma comorbidade que aumente o risco de casos graves da doença. A imunização de pessoas acima de 60 anos segue normalmente.

Para ter acesso à vacina, será necessário levar, além dos documentos já exigidos – identificação com foto, CPF e cartão do SUS – original e cópia atuais (de 2021) de laudo médico ou receita que comprove a comorbidade.

Nesse momento, as comorbidades atendidas são diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos imunossuprimidos e pessoas com obesidade grau 3 (IMC >40).

A imunização acontece em dois pontos: no Centro de Imunização, no Centro da cidade (das 8h às 14h); e na Farmácia Drogasil, em Intermares (das 9h às 14h).

“Avançamos na imunização e entramos, a partir de agora, no grupo que possui comorbidades agravantes à doença. É importante frisar que essas pessoas precisam levar originais e cópias do laudo ou da receita médica comprovando a doença para terem acesso às doses”, disse o secretário de Saúde, Murilo Suassuna.

Para aqueles que já receberam a 1ª dose e já soma o tempo de espera (28 dias para Coronavac/Butantan) e (90 dias para a vacina da Astrazeneca/Oxford/FioCruz), basta ir ao Centro de Imunização com a carteira de vacinação para finalizar o processo.