Bruno Roberto critica uso do nome de Bolsonaro e pede retirada da candidatura de Sérgio

Para ele, as pessoas que se colocam como aliado de Bolsonaro, mas não se associam ao projeto dele na Paraíba, "não são simpáticas ao presidente"

O candidato ao Senado pela Paraíba Bruno Roberto criticou, durante entrevista nesta quinta-feira (8) ao programa F5, na 89 Rádio Pop, os candidatos que utilizam o nome do presidente Jair Bolsonaro (PL) para promover suas campanhas.

Questionado sobre o também postulante à vaga, Sérgio Queiroz (PRTB), ele pediu para que os candidatos a senador não usem mentira para convencer os eleitores paraibanos.

“No momento que as pessoas sabem que o senador de Bolsonaro é Bruno no Estado da Paraíba, tem acesso a informação plena e conseguem optar com serenidade pelo seu voto, pela sua escolha”, comentou.

Para Bruno Roberto, as pessoas que se colocam como aliado de Bolsonaro, mas não se associam ao projeto dele na Paraíba, “não são simpáticas ao presidente”, sugerindo a retirada da candidatura de Sérgio.

“O presidente já deixou sublinhado aqui que o candidato a governador da Paraíba chama-se Nilvan Ferreira e o candidato a senador chama-se Bruno Roberto”, declarou.