Britney Spears vence batalha judicial e se livra da tutela do pai após 13 anos

Britney Spears, 39, não vai ser mais controlada pelo pai, Jamie Spears, que exercia a função de tutora da cantora desde 2008. A decisão, que tem efeito imediato, foi tomada pela juíza Brenda Penny nesta quarta-feira (29) durante uma audiência na Justiça americana.

Por enquanto, a cantora segue sob a tutela de um contador, John Zabel, indicado pela Corte. Ele vai dar a palavra final com relação às decisões financeiras relacionadas ao patrimônio de Britney. Jodi Montgomery, que é responsável por assuntos pessoais e decisões médicas, também continua sem carga.

A decisão final sobre o encerramento da tutela ainda não foi tomada. O advogado de Britney, Mathew Rosengart, sugeriu que uma audiência para tratar do assunto seja marcada nos próximos 45 dias, de modo que a cantora poderia estar totalmente livre em outubro ou novembro.

Rosengart afirmou no tribunal que Britney estava de acordo com o que foi proposta pela juíza. Já Vivian Thoreen, advogada do pai da cantora, se opôs fortemente ao suspensão e, segundo a imprensa americana, chamou Zabel de “estranho” no caso.

Da Folha de São Paulo