Botafogo-PB empata, avança na Copa do Nordeste e embolsa R$ 300 mil

Com R$ 300 mil em jogo em caso de classificação, o que rendeu até uma pacificação momentânea na política do clube e promessa de “bicho” por parte da oposição em caso de vaga, o Botafogo-PB entrou em campo no estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, para enfrentar o Vitória, pela oitava e última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. Com um gol em cada tempo para cada lado, o empate por 1 a 1 classificou as duas equipes, e o Belo vai enfrentar o Bahia nas quartas de final.

O time baiano começou o jogo assustando logo aos 6 minutos, quando Alisson Farias mandou uma bomba da intermediária, e a bola passou muito perto, por cima da meta defendida por Felipe.

Dois minutos mais tarde, após cruzamento da esquerda, Jordy subiu sem marcação na primeira trave e bateu o goleiro botafoguense para abrir o placar.

Previsível, o Belo não conseguia trabalhar no meio-campo e recorria com frequência aos lançamentos longos do zagueiro Luís Gustavo, que vem sendo tônica do time pouco produtivo nos jogos após o retorno do futebol, mas ainda não teve sucesso na estratégia.

Sem ser produtivo no ataque, o time pessoense quase sofreu o segundo aos 25, quando Alisson Farias mais uma vez arriscou de muito longe e obrigou o arqueiro do Belo a se esticar todo para resvalar na pelota e mandar para escanteio.

Apenas aos 27 o Botafogo-PB chegou com perigo, e desperdiçou uma chance inacreditável. João Victor, zagueiro do Vitória, entregou a bola para Rodrigo Andrade na grande área. O camisa 10 tocou para Lohan, quase na linha da pequena área, livre, chutar em cima do goleiro Ronaldo e jogar fora uma grande chance de deixar o placar igual.

Aos 43, Rodrigo Andrade cobrou escanteio pela esquerda para o Belo. A zaga do rubro-negro tentou afastar, mas mandou contra o próprio patrimônio, com a bola tirando tinta da trave. Na sequência, mais uma bola na área, mas Kelvin cabeceou para fora.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Mauro Fernandes fez duas mudanças. Ele tirou Erivélton para a entrada de Cássio Gabriel, deslocando Juninho mais uma vez para a lateral-direita, e Dico na vaga de Kelvin.

Em uma bola parada, aos 4 minutos, Fred cobrou falta de fora da área no meio do gol, mas a potência do chute fez com que o goleiro Ronaldo tomasse algum susto para fazer a defesa.

Aos 17 minutos, o empate saiu, e com o dedo do treinador. Pela direita, Juninho foi até a linha de fundo e cruzou para a área, onde Lohan subiu mais que a defesa e testou firme para deixar tudo igual no placar.

Com o empate bom para os dois times, o resultado se manteve sem os goleiros trabalharem muito. Mas aos 45 do minutos, Juninho recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

O empate por 1 a 1 deixa o Belo com 13 pontos, ocupando a terceira posição do Grupo A ao fim da primeira fase, classificado para as quartas de final, que será disputada em jogo único. O adversário botafoguense será o Fortaleza, na reedição da final do ano passado da Copa do Nordeste. A partida acontecerá no próximo fim de semana. As informações são do Voz da Torcida.

Comente