Bolsonaro usa fala de Samuka para se defender de ataques ao NE; assista

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou um comentário do apresentador paraibano Samuka Duarte para se defender de críticas após ser acusado de xenofobia e de que estaria negligenciando o povo nordestino. O caso estourou após um comentário dele vazar durante um encontro com jornalistas internacionais em Brasília. “Desses governadores de Paraíba, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada para ele”, afirmou Bolsonaro na ocasião.

O presidente publicou em seu Twitter que não vai abandonar os nordestinos. “Relato de como nosso governo vem tratando o estado da Paraíba. – Criticamos alguns governadores do Nordeste, mas nunca abandonaremos o nosso querido povo nordestino”, disse Bolsonaro.

+ Bolsonaro ataca João Azevêdo e revela perseguição contra a Paraíba: “não tem que ter nada”

Junto do relato, um vídeo está publicado. Nele, um comentário do apresentador paraibano que argumenta sobre o presidente estar fazendo boas ações no estado. Assista:

“O governo Bolsonaro está com os olhos bacana para o estado da Paraíba, não está em cima do palanque. Mas tem mita gente aqui na Paraíba que não desceu do palanque. Eu acho que deveria descer e dizer: ‘olha vamos torcer para dar certo’. Se o cara quer acertar, está olhando para nosso estado, bacana. Não é favor, é obrigação”, afirmou Samuka Duarte.

João rebate

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) rebateu, através das redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), após ser alvo de ataques por parte do chefe do Planalto na sexta-feira (19).

+ João rebate ataque de Bolsonaro, condena preferência de apoios e dispara: “falta de republicanidade”

“Condenamos toda e qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes”, afirmou o gestor estadual.

Comente