Bolsonaro passa bem após cirurgia para retirada de cálculo da bexiga

Hospital Albert Einstein disse que paciente está sem febre, sem dor e estável. Presidente havia dito que tinha cálculo havia mais de cinco anos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passa bem após ser submetido a uma cirurgia para a retirada de pedra na bexiga, na manhã desta sexta-feira (25), no Hospital Albert Einstein, Zona Sul de São Paulo. A cirurgia durou cerca de 1 hora de 30 minutos, e o cálculo foi totalmente removido, segundo o hospital. Bolsonaro está “clinicamente estável, afebril e sem dor”, ainda de acordo com o Albert Einstein.

Até por volta de 11h40, a assessoria do hospital não havia informado sobre a previsão de alta de Bolsonaro. Pacientes que são submetidos a esse tipo de procedimento costumam ficar internados por até 48 horas.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital após o término da cirurgia, Bolsonaro “foi submetido à intervenção cirúrgica de Cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga”. “O procedimento foi realizado sem intercorrências”, diz o boletim.

O presidente passou “por um procedimento cirúrgico minimamente invasivo para a retirada de cálculo da bexiga denominado Cistolitotripsia endoscópica a laser sob anestesia.”

Boletim Médico

Veja a íntegra do boletim médico divulgado:

“São Paulo, 25 de setembro de 2020.

“O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro foi submetido à intervenção cirúrgica de Cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga. O procedimento foi realizado sem intercorrências, com duração de 01h30 e o cálculo foi totalmente removido. No momento, o paciente encontra-se estável clinicamente, afebril e sem dor.”

Dr. Leandro Echenique, cardiologista
Dr. Leonardo Lima Borges, urologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein

Secretaria Especial de Comunicação Social
Ministério das Comunicações”

Do G1