“Bolsonaro atrai eleitores com mentiras e desinformação”, afirma Manuela D’ávila

Durante uma entrevista a rádio de João Pessoa, Arapuan FM, na tarde desta terça-feira (16), a candidata a vice-presidente na chapa encabeçada por Fernando Haddad (PT), Manuela D’ávila (PCdoB), afirmou que, nesse período eleitoral, vivenciamos a experiência de como seria o governo do seu principal adversário, Jair Bolsonaro (PSL). Um governo com mentiras e sem diálogo com a população.

“Nessas eleições, Bolsonaro conta com uma rede de mentiras multimilionária, fazendo com que as pessoas votem não baseadas em economia, saúde, educação, administração, mas em mentiras e desinformação. Também conclamamos que ele participe dos debates, pois tem que ter a hombridade de debater com seus adversários”, declarou.

Manuela revelou que, até o momento, conseguiu derrubar 73 perfis em redes sociais com notícias falsas ao seu respeito – geralmente envolvendo sua religião – que alcançavam mais de dois milhões de brasileiros: “mentem com grande volume. Queremos que o tempo da mentira se encerre rapidamente. As pessoas não tem noção do tamanho dessa rede”.

Para a comunista, o fato da corrida eleitoral ter sido levada para o segundo turno simboliza que a população que discutir mais sobre o tema antes de tomar uma decisão: “e o que o nosso adversário faz nesse período? Se esconde a partir de um atestado médico dos debates, assim como seu vice, o General Mourão (PRTB), que também não quis debater comigo”.

Comente