Barragem de Bananeiras começa a sangrar e Cagepa suspende racionamento

A barragem de Lagoa do Matias, no município de Bananeiras, começou a sangrar nesta quarta-feira (31). O local é responsável pelo abastecimento de cidades como Belém, Caiçara e Logradouro.

O manancial tem capacidade para armazenar mais de 1,2 milhão de metros cúbicos d’água, de acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa).

Com a cota máxima de armazenamento da lagoa, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) decidiu suspender o racionamento de água na região.

Antes do início das chuvas, ocorrido na semana passada, as cidades abastecidas por Lagoa do Matias estavam submetidas a um racionamento no esquema de 15 dias com abastecimento e 15 dias sem. As informações são do portal 25 Horas.

Confira abaixo a situação de outras barragens da região do Brejo:

Manancial Cidades abastecidas Situação
Araçagi Guarabira, Pilõezinhos e Araçagi Sangrando
Canafístula 1 Pirpirituba, Sertãozinho, 2 Estradas, Serra da Raiz e Lagoa de Dentro 18,3%
Canafístula 2 Solânea e Bananeiras 18,5%
São Salvador Sapé, Sobrado, Mari, Mulungu, Gurinhém e Cajá/Caldas Brandão Sangrando
Tauá Cuitegi, Guarabira, Pilõezinhos e Araçagi 86,3%
Pitombeira Alagoa Grande Sangrando
Brejinho Juarez Távora 33,7%