Banda paraibana repudia uso sem autorização de música em publicidade pró-Bolsonaro

O grupo paraibano Cabruêra lamentou o uso sem autorização de sua música, Forró Esferográfico e também da canção Xiquexique, composta por Tom Zé e José Miguel Wisnik, feito pela deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). Esse é mais um episódio envolvendo apropriação de composições em peças publicitárias que são favoráveis ao governo do presidente Jair Bolsonaro. A primeira vez ocorreu em fevereiro deste ano, com a música “O Pulso”, da banda de rock Titãs.

View this post on Instagram

@tomzeoficial @josemiguelwisnik @midianinja

A post shared by Cabruêra (@cabrueramusic) on

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o compositor José Miguel Wisnik também repudiou o uso de trecho da música.

“Estou falando aqui em meu nome, em nome do meu parceiro, Tom Zé, em nome do grupo corpo, para repudiar e denunciar o vídeo postado pela deputada Carla Zambelli, que utiliza nossa composição Xiquexique, feita para o espetáculo do grupo Corpo, chamado Parabelo. O vídeo procura construir a imagem de suposta ampla aceitação de Jair Bolsonaro no Nordeste, região onde sabemos ele foi derrotado em todos os estados nas últimas eleições presidenciais”, diz Wisnik, ressaltando que “trata-se de uma operação de alavancagem de Bolsonaro no Nordeste, que quer tomar carona na nossa composição”.

Em suas redes sociais, Carla Zambelli pediu desculpas “ao artista” e disse que “nunca mais usaremos nada mais que venha dele”, promovendo campanha para envio de músicas de compositores do Nordeste para ela “divulgar” em suas redes.

Já na madrugada deste domingo (26), a parlamentar publicou trecho de uma live da dupla sertaneja Bruno e Marrone, em que um dos cantores elogia Jair Bolsonaro.

“Eu detesto falar de política. Eu gosto é de quem faz o bem para todos. Entendeu? Eu falo do Bolsonaro não porque eu seja bolsonarista, não. Eu falo do Bolsonaro porque ele é um cara honesto. E o que o Brasil tava precisando era de pessoas honestas pra limpar essa disgramaiada que tava ai, tudo roubando a gente”, diz o sertanejo. “Não quero saber se você gosta do Lula, do puta que pariu”, emenda.

Com informações da Revista Fórum

Comente