Bancada de Cartaxo na CMJP ataca gestão de segurança pública e pede retorno da Manzuá

    2

    A bancada de situação na Câmara de João Pessoa resolveu hoje direcionar suas críticas para a gestão da segurança pública. O vereador Edson Cruz (PP), em seu discurso na manhã desta terça-feira (13), anunciou que vai mandar um requerimento para o governador Ricardo Coutinho (PSB) para que “se feche as fronteiras da Paraíba”, efetividade com a Patrulha Escolar e o retorno com a Operação Manzuá.

    O vereador afirmou que essa operação é necessária para que “restabeleça” a segurança no Estado. “Peço que o governador retorne com a Manzuá no Cariri paraibano, para saber quem entra e quem sai. Precisamos que se chame os concursados e que se compre armamento e equipamento de ponta para que se proteja o policial. E também, o que é que custa por 200 motos para se fazer a Patrulha Escolar em João Pessoa? Então, governador, eu votei no senhor, e acreditei, mas precisamos que o mesmo trato que é dado na infraestrutura, seja dado na segurança “, questionou.

    Já o vereador Sérgio da Sac (SD) pediu para que tivesse mais efetividade na Patrulha Escolar e contratação de concursados. “Nós sabemos que se aposenta em torno de 500 policiais, por isso que é necessário”, disse.

    Já o vereador Bira (PSD) trouxe ao debate números do Mapa da Violência e falou que era pertinente a Casa fazer cobranças ao governador. “A Paraíba é quinto menor investimento em inteligência na Polícia Civil. A gente sabe que isso é fundamental para desbaratar uma quadrilha, por exemplo. Mas, infelizmente, vivemos essa realidade que aqui está”, declarou.

     

    Comente

    Antares

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here