Apesar de muita badalação com a posse de presidente estadual do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, ao Partido Verde (PV), um fato que chamou atenção foram as ausências de líderes dos partidos PP, PSC, SDD e MDB, como também as ausências do vice Manoel Júnior (PSC) e do prefeito Romero Rodrigues (PSDB). Nenhum representante da ‘família Ribeiro’ que responde o Partido Progressista, como também representantes do ‘clã’ Gadelha que são do PSC, prestigiou a posse do prefeito pessoense neste sábado (21), na sede do Sindicato dos Bancários na Capital do Estado.

Os únicos presentes foi o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o também senador Raimundo Lira (PSD), que já foram colocados como pré-candidatos aos seus respectivos cargos na chapa do também pré-candidato ao Governo da Paraíba, Lucélio Cartaxo (PV).

Nessa atual e possível chapa, só restará a vaga de vice-governador que já está sendo oferecida a primeira dama de Campina Grande, Micheline Rodrigues, esposa do prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

PP e PSC devem ficar de fora, fato este que já demonstra desgasto político na aliança dos partidos com a oposição. O deputado federal Aguinaldo Ribeiro já deixou claro a possibilidade do PP iniciar diálogo com o PSB e, o PSC dos Gadelhas, também criticou a forma ‘açodada’ como foi escolhido o nome de Lucélio para ser o candidato da oposição.

Camara Municipal