- Publicidade -
Cotidiano

Áudio sobre várias mortes em hospital de JP e mais de 200 casos de coronavírus na PB é fake; ouça

Circula nas redes sociais áudio de uma suposta funcionária de uma clínica, propagando a informação de que, por conta do novo coronavírus, teriam sido registradas diversas mortes no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. No áudio, é dito que exames que estariam para chegar à capital paraibana confirmariam “mais de 200 pessoas contaminadas” na Paraíba.

- Continua depois da publicidade -

“Um medico daqui da clínica chegou agora horrorizado, contando a barbárie, que é o (Hospital) Clementino Fraga está um absurdo, ele disse. Que veio de plantão do Clementino e disse que lá é gente morrendo, se acabando, um por cima do outro, jogado por tudo quanto é canto, sem atendimento porque não tem suporte pra isso. Disse que a Saúde Pública de João Pessoa não quer divulgar a quantidade de casos, mas tá pra chegar o resultado de uns exames e já tem mais de 200 pessoas contaminadas se brincar. E eles não estão querendo falar que é pra parecer que tá tudo tranquilo e tá tudo sob controle dentro de João Pessoa, mas não tá”.

Ouça o áudio abaixo

Como o Clementino Fraga integra a Rede Estadual de Saúde, o Paraíba Já procurou a Secretaria Estadual de Saúde (SES) para verificar a veracidade da informação. Por meio de sua assessoria de imprensa, o órgão negou taxativamente: “(É) fake! Só tem um paciente (com suspeitas de coronavírus) internado no Clementino Fraga”.

O Complexo de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga é uma unidade preparada pela Secretaria Estadual de Saúde para atender casos suspeitos de coronavírus, conforme plano estadual para notificação e assistência elaborado pelo Governo. De acordo com a SES, qualquer caso que se encaixe no perfil deve ser transferido para o hospital.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Um pastor da cidade de Queimadas PB, disse que tinha dois casos confirmados no dia de ontem, 21/03/2020. No áudio, o tal pastor não se identifica, na minha opinião a polícia federal deve rastrear estes áudios e prender estas pessoas por espalhar o pânico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar