Associação da PB testa eficácia do uso do canabidiol no tratamento ao coronavírus

A Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace), única entidade autorizada a cultivar maconha com fim medicinal no país, localizada em João Pessoa, irá distribuir frascos com concentração de 2% de canabidiol para médicos com suspeita de infecção ou para os profissionais já infectados, apresentando sintomas da Covid-19. O objetivo é testar a eficácia do medicamento contra o novo coronavírus.

A ideia partiu de Cassiano Teixeira, diretor da Associação, após ver um vídeo de um médico infectado. A prioridade seria fazer o experimento com pacientes, mas após falar com um dos médicos da Abrace, Pedro Pierro, foi decidido iniciar o projeto com os profissionais que estão no combate ao novo coronavírus.

Um total de 40 médicos de todo o Brasil serão divididos em dois grupos, um receberá o óleo de canabidiol e outro o placebo. Os médicos não sabem o que vão receber e a distribuição das substâncias já começou a ser feita. Após os resultados do estudo observacional, a Abrace pretende realizar pesquisas com o apoio de universidades.

De acordo com Cassiano, há comprovações científicas das propriedades broncodilatadoras e anti-inflamatórias da cannabis. A Abrace também espera realizar o estudo com enfermeiros e pacientes com suspeita de Covid-19.

Cassiano enfatiza que os frascos com canabidiol doados aos profissionais de saúde para o teste foram todos prescritos por médicos colaboradores da Associação.