Assalto frustrado: suspeito morre após trocar tiros com a polícia em Patos; veja vídeo

0

Uma tentativa de assalto a um posto de gasolina terminou em tiroteio e uma morte na madrugada desta segunda-feira (29) em Patos, Sertão da Paraíba. De acordo com informações, uma denúncia anônima foi feita informando sobre os planos do assalto e as polícias Civil e Militar montaram um cerco nas madrugadas do domingo (28) e da segunda (29) para tentar prender os assaltantes.

Assista acima a matéria completa produzida pelo repórter repórter Fábio Diniz, a Metralhadora da Notícia.

O grupo de assaltantes foi surpreendido pelos policiais por volta das 2h da madrugada desta segunda. Um mototaxista é suspeito de participar do assalto, passando informações para uma dupla armada.

Conforme informações da polícia, o mototaxista identificado como Edivinal Alves de Lucena foi o primeiro a chegar no posto, se passando por cliente para repassar informações sobre o posto para os outros dois assaltantes. Assim que o mototaxista saiu, os assaltantes chegaram em uma moto preta e anunciaram o roubo. A dupla fez um frentista de refém e exigiu o dinheiro do cofre.

Os policiais cercaram o local e os assaltantes trocaram tiros com a polícia. Um dos assaltantes morreu durante a troca de tiros, enquanto um segundo suspeito, identificado como Erik Lino de Oliveira Almeida, ficou ferido e foi levado para o Hospital Regional de Patos.

O assaltante ferido está sob custódia da polícia e não corre risco de morrer. Já o mototaxista está preso na delegacia seccional de Patos.

Com os suspeitos, a polícia apreendeu duas armas, munição, duas motos – uma delas com registro de roubo – um celular e R$ 240 em dinheiro. A dupla que trocou tiros com a polícia na tentativa de assalto, já era investigada por outros crimes.

Eles foram presos no ano passado durante a ‘Operação Sualk’. A polícia também informou que o mandante do assalto já foi identificado. As informações são do G1.

 

Comente

Antares

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here