Publicidade
Política

Após visita a Lula, Ricardo garante que resistência a Bolsonaro irá crescer: “ninguém se iluda”

Ex-governador da Paraíba esteve com o ex-presidente Lula e o presidente do PDT, Carlos Lupi

O ex-presidente Lula recebeu nesta quinta-feira 23, na prisão em Curitiba, o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e o presidente do PDT, Carlos Lupi. Segundo eles relataram à imprensa após a visita, a motivação do encontro foi a construção de uma frente ampla com os dois partidos.

- Continua depois da publicidade -

Ricardo agradeceu à resistência da militância e mencionou a “parte [da população] que está adormecida, talvez por estratégias equivocadas nossas, talvez pelo poder de manipulação que foi criado no mundo atual, através principalmente da internet”.

Ouça:

“Mas a resistência, ninguém se iluda, ela vai crescer cada vez mais. As pessoas começam a perceber claramente que não há caminho no caminho em que está o Brasil”, disse a liderança do PSB, citando até “os mais fanáticos”, que segundo ele começam a perceber o que está acontecendo no Brasil.

“Diga ao povo lá fora que eu estou motivado. Ninguém acha que aqui dentro tem uma pessoa falando ou pensando na injustiça de que sou vítima”, disse ele.

O ex-governador fez também uma defesa enfática da soberania e uma dura crítica à entrega das estatais a ouros países pelo governo Bolsonaro. Lembrou também do momento de governos do PT, destacando que Lula “orgulhou o Brasil lá fora e levantou a auto-estima do povo brasileiro”. Com informações do Brasil 247.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar