Publicidade
Política

Após protestos, ALPB cria Frente Parlamentar em Defesa da Vaquejada

O deputado estadual João Gonçalves apresentou, nesta terça-feira (11) um requerimento para a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Vaquejada. O documento foi assinado por outros 15 parlamentares. A sessão de hoje ainda foi marcada pela suspensão dos trabalhos da sessão ordinária para a realização de uma Audiência Pública para discutir o assunto.

- Continua depois da publicidade -

As galerias da Assembleia Legislativa estão tomadas de pessoas a favor e contra a realização de vaquejada. Desde as primeiras horas da manhã de hoje que diversos vaqueiros e apoiadores deste tipo de evento realizam protesto na Capital. O comboio se reuniu na Praça da Independência e encaminhou-se para a Praça dos Três Poderes.

Na Audiência, o representante dos vaqueiros defenderam que existe uma Associação Nacional que tem um regulamento que protege os animais e que as vaquejadas geram 100 mil empregos diretos e 120 mil empregos indiretos.

Já os parlamentares destacaram – além da geração de emprego e renda – a questão cultural. O deputado Antônio Mineral chegou a citar que perdeu um tio que caiu de um cavalo em uma vaquejada, mas mesmo assim sua família toda é a favor deste esporte.

A ex-vereadora Paula Frassinete, presidente da Associação Paraibana dos Amigos da Natureza, lamentou que audiência não contou com a presença de outros instituições que defendem o meio ambiente. Ela ressaltou que a vaquejada abusa os animais. “não pode ser causa de alegria a um ser humano a dor de outro ser”, resumiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar