Após prisão, prefeito de São Mamede é recebido com festa em retorno ao cargo

Gestor foi alvo da Operação Festa no Terreiro, deflagrada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), por suspeita de corrupção

O prefeito de São Mamede, Umberto Jefferson (União), foi recebido com festa na cidade após retornar ao cargo nessa quarta-feira (6). Ele foi preso por suspeita de corrupção e estava afastado de suas funções desde agosto deste ano.

Ao retornar ao município, o prefeito encontrou uma celebração organizada por eleitores e pelo vice-prefeito Francisco das Chagas Filho (União), conhecido por Chaguinha.

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Daniela Teixeira, concedeu uma liminar permitindo que o prefeito reassumisse suas funções. Anteriormente, ele já havia obtido a liberdade mediante a decisão do ministro João Batista Moreira, também do STJ, que concedeu habeas corpus em favor do gestor.

Ele foi afastado do cargo após sua prisão em decorrência de suposto envolvimento em um esquema de direcionamento de licitações, desvios de recursos públicos, corrupção e lavagem de dinheiro. A detenção ocorreu em 15 de agosto deste ano, no âmbito da Operação Festa no Terreiro 2, realizada pela Polícia Federal.