Após festa na quarentena, Gabriela Pugliesi tem contratos cancelados e sai do Instagram

A influenciadora digital Gabriela Pugliesi perdeu uma série de parcerias com empresas após realizar uma festa em sua casa no sábado, 25. Os anúncios de suspensão de ações com a influenciadora foram feitos no domingo, 26, e na segunda-feira, 27, e também se estenderam para convidados do evento. Ainda nesta segunda-feira, 27, a conta de Gabriela no Instagram, que possui mais de 4 milhões de seguidores, saiu do ar.

As marcas HOPE, Baw, Body For Sure, Desinchá, Evolution Coffee, Rappi, Maïs Pura e Liv UP suspenderam todas as ações futuras com Gabriela, criticando a quebra das medidas de isolamento social e defendendo a necessidade de respeitar a quarentena em meio à pandemia do novo coronavírus.

Já a empresa Kopenhagen disse em suas rede sociais que tinha apenas um contrato pontual com a influenciadora, que foi encerrado no mês de março de 2020 e não será renovado. A Fazenda Futuro disse que não possui nenhum contrato vigente com os presentes na festa, e irá rever todas as possíveis ações com os nomes envolvidos.

No domingo (26), Gabriela Pugliesi se desculpou em um vídeo publicado em seu Instagram, no qual disse que foi “irresponsável e imatura”. “E eu errei porque não é pra juntar ninguém em casa, porque sei que tem pessoas passando dificuldades, é ofensivo, não ajuda ninguém nesse momento”, disse ela.

O E+ entrou em contato com a assessoria de Gabriela Pugliesi, mas não recebeu nenhuma resposta até a publicação desta reportagem.

Do Estadão

Comente